A Análise Comportamental Aplicada (Applied Behavior Analysis, sigla: ABA) é um termo advindo do campo científico do Behaviorismo Radical, desenvolvido por B.F.Skinner. Tem como objetivo observar, analisar e explicar a associação entre o ambiente, o comportamento humano e a aprendizagem.

É uma disciplina com mais de 50 anos de pesquisa científica contínua. O tratamento não se baseia em um conjunto de regras e passos a serem seguidos. É um tratamento específico que deve ser construído conforme vai transcorrendo. Envolve o ensino intensivo e individualizado das habilidades necessárias para que a criança possa adquirir independência e uma melhor qualidade de vida.

Cada criança é diferente e os métodos usados pela Análise Comportamental Aplicada nos permitem maximizar o potencial de cada uma, identificando de maneira eficiente como ensinar e o que ensinar. A mudança de qualquer comportamento é sempre feita de maneira planejada e individualizada.

Dentre um dos comportamentos que o programa também desenvolve, está o Comportamento Verbal, que se refere ao ensino da linguagem – falada ou não-falada – seguindo os princípios da Análise do Comportamento Aplicada. O modo como falamos e o quê falamos estão relacionados com o contexto em que fomos ensinados e as respostas que foram reforçadas. Diante disso, podemos analisar funcionalmente a linguagem e desenvolver maneiras de mudar esse comportamento, podendo ensinar a qualquer criança novas formas de se comunicar.

O uso do Comportamento Verbal (VB) se faz importante para crianças com atraso no desenvolvimento da linguagem, seja ela verbal ou não-verbal, uma vez que são ensinados sistemas de comunicação alternativa, que são pré-requisitos para o ensino de outras novas habilidades.

Os resultados são baseados em evidências empíricas e os dados de pesquisas mostram que a Análise do Comportamento Aplicada , na qual o Comportamento Verbal se inclui, é a forma de terapia mais bem sucedida para crianças com algum desenvolvimento atípico, principalmente aquelas diagnosticadas com o Transtorno do Espectro Autista.