Logotipo

A profissão ideal de acordo com cada habilidade

Qual a profissão ideal para cada tipo de autismo?
Antes de iniciar esse tema, é preciso esclarecer o conceito de espectro autista. Esse termo se refere a um abrangente conjunto de características de cada indivíduo com autismo. Estamos falando então que, dentro do espectro autista, existem pessoas com diferentes características, habilidades e também dificuldades. Dessa forma, a escolha pela profissão ideal pode variar de acordo com as habilidades de cada um.
 
O que é preciso analisar para que a escolha seja feita?
Para que a escolha seja feita, é preciso que o profissional envolvido auxilie a pessoa a avaliar quais são seus interesses, quais são suas habilidades já desenvolvidas e também suas dificuldades, para que sejam analisadas. Isso quer dizer que indivíduos com um comprometimento cognitivo mais acentuado talvez encontrem dificuldade em assumir cargos em que o conhecimento abstrato e que conhecimentos mais refinados sejam requisitos. Por exemplo, para cargos em que é necessário conhecimento profundo em uma área como realizar cálculos complexos ou então procedimentos e técnicas que são aprendidos no ensino superior.
Em contrapartida, essa pessoa pode apresentar habilidade refinada em memorizar dados ou executar atividades mecânicas com foco acima da média, podendo assumir cargos em que é preciso atenção na execução de atividades práticas sem apresentar erros, por exemplo, seguir processos para organização e execução de serviços em um escritório ou em outros ambientes no setor de alimentação, atendimento, etc.
Um outro exemplo seria para a pessoa que apresenta dificuldades de coordenação motora, porém é habilidoso na área de informática, essa pessoa pode não estar pronta para assumir trabalhos manuais ou voltados para a arquitetura, mas poderá trabalhar na área de tecnologia da informática.
Dentro do espectro autista, há pessoas com comprometimento cognitivo leve ou então que só apresentam dificuldades nas áreas sociais. Para esse segundo grupo, o maior desafio no mercado de trabalho será desenvolver competências para se comunicar e trabalhar em grupo no ambiente de seu ofício. Essas pessoas podem buscar por vagas PNE, PcD ou mesmo vagas convencionais.
 
O que é vaga PNE/PcD?
A vaga PNE (Pessoas com Necessidades Especiais) se refere a um grupo que inclui idosos, gestantes, obesos, pessoas com deficiência e toda pessoa com uma necessidade especial (dificuldade de aprendizado, por exemplo). Já a vaga PcD (Pessoa com Deficiência) é usada para se referir às pessoas que possuem deficiência física, auditiva, visual, intelectual ou múltipla (duas ou mais deficiências). Dessa forma, a pessoa autista poderá se candidatar para ambas as vagas. No Brasil, existe uma oferta para essa demanda, porém há uma necessidade de treinamento das pessoas que as ocuparão assim como da empresa que as receberá.
 
Qual a participação da família nesse processo?
Durante o processo da busca pela vaga e escolha ideal do emprego, o apoio da família é fundamental para auxiliar a pessoa a manter sua motivação e identificar suas reais necessidades. A família deve estar sensível às características do sujeito, sem gerar expectativas fora da realidade daquela pessoa ou o contrário, tendo baixa expectativa sobre ela. É importante que as dificuldades e as potencialidades estejam muito claras para todos.
 
Concluindo….
Não existe um emprego ideal, mas, sim, existem cargos que encaixarão melhor com o perfil e o nível de habilidade de cada um. Vivemos em uma sociedade que ainda hipervaloriza profissões nas áreas médicas, engenharias, advocacia, porém, nem sempre a pessoa que possui o diagnóstico de autismo poderá preencher tais cargos, dependendo de seu nível de comprometimento cognitivo e social, e isso não pode ser uma barreira para o projeto de vida e trabalho desse indivíduo.
É importante lembrar que o trabalho ideal será aquele que fará com que o sujeito desenvolva sua autonomia, tenha capacidade para executá-lo e seja valorizado e reconhecido por aquilo que faz, seja em cargos relacionados ao ensino superior ou operacionais.

-->
Grupo Conduzir ® Todos os direitos reservados | Feito com ♥ por CRIAH