• 30 abril de 2021
  • admin
  • Blog

Sobre Esperança

Esperança é um sentimento que envolve a grande maioria das mães atípicas.

É ela que nos move para o passo seguinte, sempre de mãos dadas com o amor.

Primeiro vem a Esperança de estarmos enganadas em relação à suspeita do desenvolvimento atípico dos nossos filhos.
Mas se não estivermos, esperançosamente vamos em frente…

Depois vem a Esperança do médico estar enganado e de aqueles inúmeros exames apontarem algo mais simples, de intervenção mais imediata.
Mas se não estiverem, corajosamente seguimos em frente…

Aí vem a Esperança do tratamento assertivo e de a equipe ser especialmente empenhada.
Mas se não for, resilientemente mudamos, começamos de novo, tentamos outras intervenções…

Nasce então, a Esperança de a escola ser realmente inclusiva e de nossos filhos conseguirem ter amigos verdadeiros, que respeitem as diferenças.
Mas se não for, bravamente trocamos de escola, brigamos na escola, exigimos respeito, adaptações, políticas anti-bullying.

Existe a Esperança de sermos mães melhores a cada dia para nossos filhos.
Mas quando a exaustão bate, humanamente desabamos em prantos, mas secamos as lágrimas, respiramos fundo e pensamos que o dia seguinte pode ser melhor.

Esperança é algo que se renova. Amor é algo que perpetua.

Desejo às mães atípicas, que se permitam honrar com todo o processo que envolve um diagnóstico de transtorno do espectro autista dos seus filhos(as), que olhem para a dor e humanizem seus sentimentos, mas que sejam inundadas de esperança, que o amor transborde no coração de vocês, com a certeza de que cada passo é importante e que a felicidade não permite condições.

 

Michelle Carvalho – Mãe do Enzo

  • Compartilhar essa materia:
Top